top of page

Nossa mensagem de fim de ano



O ano de 2024 vai nos deixando com os ecos dos gritos do planeta clamando por transformações. Tempestades, inundações, secas, furacões em intensidade e frequência inéditas com as consequentes perdas de vida e materiais. A natureza em revolta confirma o que os cientistas vêm alertando sobre as mudanças climáticas decorrentes do aquecimento global e as ameaças (1) que representam a ecossistemas, à produção de alimentos e à saúde humana.


Veio a COP28, cujo texto final "faz menção à transição para acabar com todos os combustíveis fósseis, buscando zero emissões líquidas até 2050"(2), entre outras resoluções (3). Pode ser pouco diante da urgência atual, mas significa um primeiro reconhecimento, após 30 anos das conferências das partes, desta questão central para a descarbonização da economia que possa manter a temperatura da Terra a 1,5ºC.


A expansão das energias renováveis, junto com a mudança para a eletromobilidade e ao lado do desmatamento, está no centro das transformações exigidas pela descarbonização. Se os governos e órgãos internacionais são lentos para atender às necessidades, a sociedade civil precisa suprir esta deficiência buscando acelerar o processo via a pressão às instituições e a contribuição à reeducação do consumo cidadão.


Somos todos responsáveis pela forma como ocupamos e lidamos com o nosso planeta que é único. Convido a todos para refletir e fazer de 2024 o início de uma nova fase do século 21, que acelere os processos de transformação da economia e do modo de viver para obtermos a sustentabilidade desejada. Estar em sintonia com o universo, neste momento, é uma forma de garantir a realização dos nossos sonhos.




Links relacionados:


(1) Relatório alerta sobre pontos de não retorno no clima



(3) Global Stocktake, primeiro boletim sobre os esforços dos países para enfrentar a crise climática, em PDF para baixar


Crédito das imagens:

Casa - Sergei Belozerov by Pixabay

Cartão - Annca by Pixabay



59 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commenti


  • LinkedIn
  • Instagram
  • Twitter
  • Facebook
  • Pinterest

Conteúdo e projetos para uma pegada civilizacional sustentável

bottom of page